EURO 2012 - TANTO SOFRIMENTO E AGORA CALCULADORA NA MÃO...

 

A selecção portuguesa venceu a Dinamarca, por 3-2, num emocionante jogo em Lviv, com Hélder Postiga a juntar-se a um restrito lote de jogadores, enquanto Silvestre Varela vestiu a pele de herói improvável.
 
A selecção portuguesa regressou à Polónia após uma vitória sofrida mas saborosa diante da Dinamarca, por 3-2, naquele que pode ser o ponto de viragem para a equipa das "quinas" no UEFA EURO 2012. As nuvens dissiparam-se após a derrota inaugural, diante da Alemanha, e a formação comandada por Paulo Bento pode agora sorrir, já que as portas dos quartos-de-final podem ser abertas com chave de ouro na derradeira jornada do Grupo B, onde nada está decidido quanto aos apurados.

 
Em Lviv, Pepe inaugurou o marcador, tendo sido considerado o Melhor em Campo, ao passo que Hélder Postiga dissipou quaisquer dúvidas quanto à sua veia goleadora, ao apontar o segundo tento diante dos dinamarqueses, com uma finalização de classe. Silvestre Varela foi o herói improvável dos portugueses, já que saltou do banco no segundo tempo, para dar o triunfo a Portugal, com um remate forte e colocado a três minutos dos 90.

Varela foi fundamental frente à Dinamarca

 

©AFP/Getty Images
Com o golo em Lviv, Hélder Postiga ingressou numa lista exclusiva de jogadores, juntando-se a Nuno Gomes no feito de marcar em três fases finais diferentes do Campeonato da Europa – algo que apenas quatro jogadores tinham conseguido anteriormente. Os restantes elementos desta lista exclusiva são: Nuno Gomes (Portugal), Jürgen Klinsmann (Alemanha), Vladimír Šmicer (República Checa) e Thierry Henry (França).
 
CONTAS PARA O APURAMENTO PORTUGUÊS:

 

 

 

 

GRANDE REMATE DE magalhaes-sad-slb às 12:27 | COMENTAR | favorito