A ANÁLISE DO MISTER - BENFICA, FEYENOORD

 

 

 

 

Sem menosprezar o adversário, o técnico benfiquista considerou que o jogo frente ao Feyenoord, do qual resultou uma vitória para a equipa de Lisboa por 4-1, foi «um bom treino».

«Apanhámos uns adversários na primeira parte que nos obrigaram a correr muito. (...) Não estávamos habituados a correr tanto atrás de uma bola como nos primeiros 45 minutos», admitiu Jorge Jesus no final da partida. O treinador revelou, no entanto, que as «alterações» feitas para o segundo tempo permitiram melhorar o ritmo de jogo. «Foi o saber ocupar os espaços que fez com que houvesse esta diferença no marcador», acrescentou.

Sobre os recém-chegados Luisão e Ramires, Jorge Jesus considerou que «ainda estão fora da sua condição física», mas confessou que gostou «tacticamente do rendimento dos dois».

O técnico do Benfica destaca, ainda, que o seu plantel tem «treinado muito todos os dias» e que ganhar os jogos da pré-época «é importante».

GRANDE REMATE DE magalhaes-sad-slb às 13:04 | COMENTAR | favorito