ROBERTO A VALORIZAR

 

 

 

Roberto está finalmente ao nível do que mostrou em Espanha, e a sua cotação de mercado poderá brevemente superar os 8,5 milhões de euros que o Benfica pagou por ele ao Atlético de Madrid no início da temporada. Esta é a convicção genérica de quatro empresários de países diferentes ouvidos ontem por O JOGO: Alejandro Santisteban (Chile/Espanha), Federico Pastorello (Itália), Phillipe Flavier (França) e Ulisses Santos (Portugal). Os agentes FIFA não quiseram arriscar números sobre quanto poderá nesta altura estar a valer o camisola 12 - dizem que "o filme ainda é curto" e o mercado está muito por baixo, a condizer com a crise económica generalizada -, mas garantiram que "Roberto tem futuro" e será "um guarda-redes de topo a nível europeu".

 

Se não fosse o guarda-redes espanhol, o Benfica teria perdido, com toda a certeza, por mais de 0-2 frente ao Lyon; apesar do desaire, o Calmeirão esteve excepcional. "O Bravo, da Real Sociedad, é internacional chileno e está neste momento avaliado em seis milhões de euros. E, na minha perspectiva, o Roberto é melhor: é mais alto, mais rápido, mais jovem e tem passaporte espanhol", defendeu Alejandro Santisteban, empresário chileno que tem o sportinguista Matías Fernández na sua carteira de clientes e conhece muito bem o mercado europeu e sul-americano. "Se continuar a este nível, no final da época o Roberto vai valer mais do que os 8,5 milhões de euros. O Benfica ainda poderá ganhar muito dinheiro com ele. Os frangos que deu no início foram a excepção, não a regra", acrescentou.

 

Peça completa, AQUI

GRANDE REMATE DE magalhaes-sad-slb às 12:48 | favorito
ETIQUETAS: ,